Notícias


Centro Médico de Campinas celebra dez anos de parceria com os “Expedicionários da Saúde”.

Centro Médico de Campinas recebe Certificação Máxima de Qualidade da ANS


Considerado atualmente uma referência em tratamentos de saúde e exemplo de cooperação comunitária, o Hospital Centro Médico de Campinas acaba de receber a Certificação Máxima de Qualidade da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).


A Agência divulgou no último dia 28, a lista de hospitais em todo Brasil que atendem critérios de qualidade importantes para aferir o padrão de assistência prestada à população. Os dados mostram o desempenho dos estabelecimentos segundo três indicadores: acreditação, índice de readmissão hospitalar e segurança do paciente.


O único hospital em Campinas na listagem da ANS que atende os três critérios foi o Centro Médico. Segundo o presidente do Conselho Curador, Roberto de Carvalho Bandiera, a qualidade é prioritária para a ANS e esta classificação dos hospitais traz transparência e segurança para o sistema de saúde. A lista de hospitais acreditados mostra todos os estabelecimentos que possuem certificação máxima de qualidade emitida por instituições acreditadoras de serviços de saúde.


A Acreditação é um procedimento de verificação externa dos recursos institucionais e dos processos adotados pelas instituições e mede a qualidade da assistência através de um conjunto de padrões previamente estabelecidos. Seu caráter voluntário pressupõe que apenas as instituições realmente interessadas na melhoria da qualidade dos seus serviços se habilitem para a avaliação.


Já o Índice de Readmissão Hospitalar mede a capacidade progressiva do prestador em ajudar as pessoas a se recuperarem de forma tão eficaz quanto possível e é frequentemente utilizado como parâmetro para a qualidade assistencial.


Finalmente o último indicador, o Núcleo de Segurança do Paciente, objetiva estimular a melhoria contínua dos processos de cuidado e do uso seguro de tecnologias da saúde, a disseminação sistemática da cultura de segurança, a articulação e a integração dos processos de gestão de risco e a garantia das boas práticas de funcionamento do serviço de saúde.


Segundo Roberto Bandiera, o Centro Médico procura nessa certificação a garantia de qualidade da assistência através de padrões previamente definidos e pretende continuar aperfeiçoando os processos de melhoria na busca pela excelência da qualidade, conquistando novas outras certificações.


“Temos a preocupação constante na melhoria de nossos processos para poder atingir uma integração harmônica das áreas médica, tecnológica, administrativa, econômica e assistencial”, comemora Bandiera.